Mulher é presa após ameaça de incêndio ao estúdio Wit, de Attack on Titan e outros

Uma mulher de 25 anos foi presa na cidade de Osaki, no distrito de Miyagi, após uma ameaça de incêndio na seda do estúdio Wit, responsável pela primeira fase da animação de Shingeki no Kyojin (Attack on Titan). As informações são da Chrunchyroll.

De acordo com a polícia, a suspeita teria enviado um e-mail para a empresa fazendo a ameaça da incendiar o local. A prisão foi efetuada 27 de maio, e segundo o relatório policial, a mulher confessou ter enviado o e-mail.

“Vou colocar fogo em sua sede daqui uma semana”, escreveu ela. O estúdio reforçou a segurança, o que impediu o funcionamento normal da empresa. A polícia investiga se a mulher sofre de alguma doença mental.

Um massacre há dois anos

A ameaça acontece quase dois anos após o ataque feito ao estúdio Kyoto Animation, que ocorreu em julho de 2019. Na ocasião, 36 funcionários, incluindo o diretor de Miss Kobayashi’s Dragon Maid, Yasuhiro Takemoto, e o animador Yoshiji Kigami, perderam suas vidas. Outros 35 ficaram feridos.

O suspeito, Shinji Aoba, de 42 anos, foi preso em 27 de maio após ser submetido a um tratamento para queimaduras de terceiro grau. A polícia obteve um mandado de prisão em outubro de 2019, mas aguardou a recuperação dele para efetuar a prisão.

Publicado por Pedro Henrique Ribeiro

Jornalista, escritor e autor do blog Otaku de Dread

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: