Fullmetal Alchemist: jamais esqueceremos 3 de outubro

Fullmetal Alchemist: jamais esqueceremos 3 de outubro

Mais um 3 de outubro chegou para os fãs de Fullmetal Alchemist. A data que persegue os irmãos Elric marca o dia em que Ed e Al tentaram trazer a mãe de volta dos mortos com alquimia. Para jamais esquecer esse fardo, o alquimista do aço gravou a dolorosa lembrança em seu relógio. “É minha decisão e uma advertência para mim mesmo”, explica Edward [via Brotherhood episódio 11 – Milagre em Rush Valley].

Eu me lembro bem da primeira vez que assisti ao episódio em questão. Fiquei triste, pois se tivesse começado o anime alguns dias antes, teria assistido à cena em um dia 3 de outubro. As redes sociais mais uma vez ficaram repletas de posts sobre o anime, praticamente um FMA Day.

Esse fenômeno apenas reforça o sucesso da trama, que segue vivíssima na memória dos fãs. Não é exagero colocar Full Metal Alchemist: Brotherhood como um dos melhores animes do século 21. Dificilmente ele fica fora do top 10 de quem já o assistiu.

A história redondinha, os personagens bem construídos e os arcos de redenção emocionantes são elementos difíceis de se criar com o mesmo nível de qualidade em histórias longas, mas a mangaká Hiromu Arakawa soube fazer com perfeição. É por isso que jamais vamos esquecer da história nem de celebrar o dia 3 de outubro.

Se você é do time que ainda não assistiu a esse anime, eu recomendo que passe ele na frente de qualquer outra coisa. Se você não gostar, volte aqui para me cobrar!

Pedro Henrique Ribeiro

Pedro Henrique Ribeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.